Kátia Fernandes

IoT

A partir de dezembro/2020, a Iongrade passa a contar com uma nova pessoa em seu time comercial: a profissional Kátia Fernandes.

Kátia será responsável pelo atendimento aos parceiros Iongrade na divisão de segurança, e preparamos uma pequena entrevista pra que você possa conhecê-la melhor.

Seja bem-vinda ao time, Kátia!

Qual sua experiência profissional, e o que você traz de novo para a Iongrade?
Kátia: Tenho mais de 15 anos de experiência no mercado corporativo atuando em empresas multinacionais na área de tecnologia. Tenho formação em logística e recursos humanos, e já atuei em diversos setores, como facilities e departamentos financeiro e comercial. A Iongrade busca pessoas com essa formação multidisciplinar que tenham disposição pra ajudar o integrador a agregar mais valor nas soluções que apresenta, e acredito que minha trajetória e meu conhecimento sejam ideais para isso!


Como a Iongrade escolhe seus parceiros?
Kátia: Nossa política é clara: queremos trabalhar com as melhores empresas do mercado, empresas sérias que estejam dispostas a oferecer soluções de alto valor agregado para os clientes finais. Fazemos questão de estar próximos dos integradores em todas as etapas, desde a apresentação inicial e certificação técnica até o pós-venda, e isso só é possível de fazer quando trabalhamos com pessoas que compartilham nossos valores.


E quais são esses valores?
Kátia: A palavra-chave da Iongrade é “LIBERDADE”. Não temos nenhum tipo de “amarra” com o integrador, contratos de exclusividade, nada disso. A única forma de fazer com que ele permaneça conosco é merecendo essa confiança dia após dia. E isso nos leva a um segundo valor fundamental: responsabilidade. Fazemos as coisas de forma muito consciente e profissional, e por isso conseguimos prestar um atendimento rápido ao parceiro, justamente porque entendemos os problemas e desafios que ele enfrenta todos os dias.


O que é um diferencial nos sistemas de controle de acesso atualmente?
Kátia: O assunto do momento é LGPD: quem não estiver adequado à nova legislação está fora do mercado, simples assim. Mas além disso, o mundo mudou muito nos últimos anos. Estamos assistindo cada vez mais o crescimento de soluções simples, fáceis de usar, porém integradas. Essa quebra da “verticalização” traz mais liberdade para o cliente e permite mais coisas com mais qualidade e mais velocidade. Isso tudo só é possível graças a plataformas cloud, que já são o “novo normal” do mercado.


Por que você aceitou o desafio de trabalhar na Iongrade?
Kátia: A Iongrade me traz muita segurança. É muito bom trabalhar em uma empresa cujas pessoas já estão no mercado há décadas e conhecem a fundo o dia-a-dia dos clientes. Essa segurança me motiva a fazer o trabalho comercial, pois tento passar para o integrador exatamente aquilo que enxergo dentro da Iongrade. Quando os valores que a empresa são vividos de verdade pelas pessoas, a sensação de satisfação é enorme, assim como a vontade de compartilhar esses valores com nossos parceiros.