Conexões

IoT

Estamos sempre conectados a alguém dentro da nossa área de atuação, interligados pelo elo em comum que é fazer um bom trabalho. Nos conectamos a colegas de trabalho, clientes, fornecedores e especialistas para alcançar esse objetivo. E desta forma, há pessoas que conhecemos há pouco tempo e com as quais acontece uma conexão imediata e hiper proativa, alguns podem até dizer que “as energias bateram” enquanto por outro lado, existem pessoas que conhecemos há anos e a conexão não tem nada de tão especial assim. O ponto é, estamos sempre conectados a pessoas diferentes simultaneamente, mas o que elas podem nos proporcionar?

No quesito de fazer um bom trabalho, ter diversos recursos e ajuda à disposição é ter conexões de qualidade. Não falo somente da sua equipe no escritório ou fábrica, falo de todos aqueles em que esse elo em comum é motivo o bastante para trabalharem juntos e chegarem a algum lugar; seja um projeto, um produto revolucionário, qualquer coisa que seja, o importante é ter nomes em mente que você sabe que fazem a diferença e que buscam algo maior.

Nem sempre quantidade é melhor do que qualidade, vira e mexe vemos pessoas empolgadíssimas com o número de contatos na agenda e follows nas redes, mas todos sabemos que sempre há os seus preferidos, e que são escolhidos por critérios únicos e individuais. É como escolher uma estrada para ir até a cidade vizinha; você poderia escolher diversas outras rotas, mas escolheu aquela por causa da paisagem, do tempo, do acesso… quem sabe? De toda forma, ter boas conexões é prioritariamente escolher com qualidade a partir dos critérios corretos.

Portanto, não se trata apenas de criar conexões vazias e sem sentido, somente para ter um número grande de engajamentos, trata-se de algo maior. E Neste caso, é importante saber quem está conectado a você pelo mesmo elo e mirando o mesmo objetivo, em direção a fortalecer esse elo em comum e assim proporcionar um bom trabalho efetivo e seja lá o que mais esteja sendo almejado.