Os produtos invisíveis

IoT

Quando o despertador tocou e você acordou hoje cedo, talvez você tenha acendido a luz do quarto. Talvez tenha ligado o microondas pra preparar seu café da manhã, e talvez tenha assistido as notícias na TV. Pra tudo isso, e muito mais, você usou energia elétrica, e nem percebeu. É algo tão óbvio que torna-se invisível. E um bom critério pra avaliar qualquer produto é justamente esse: o produto é tão bom quanto imperceptível ao longo do tempo.

É claro que toda novidade nos deixa de queixo caído por um tempo. Quando criaram aquele software que reduziu nosso trabalho pela metade, durante uma semana só conseguíamos pensar nele e em como ele era indispensável. Mas depois de uma semana, nem lembrávamos que ele existia e muito menos de como a vida era difícil antes dele. E tudo bem, é assim mesmo.

Como fabricantes, é normal que queiramos que as coisas que criamos sejam vistas e percebidas pelas pessoas. É gostoso ouvir elogios como “que produto bonito!“, “é tão fácil de usar!“, “todos os dias fulano fala bem!“. Mas se as pessoas estiverem “percebendo” o seu produto depois de um tempo, coloque seu ego de lado ligue o alerta imediatamente! Algo está errado!

Depois que você resolveu o problema de alguém, ele está resolvido. Você não pode resolvê-lo duas vezes. No entanto, você pode causar problemas várias vezes. Justamente por isso, é muito mais fácil “ficar mal” com alguém do que “ficar bem”. Um produto que é constantemente “percebido” pelas pessoas provavelmente está causando problemas, e não os resolvendo.

Por mais estranho que possa parecer, o maior elogio que você pode ouvir a respeito do seu produto é algo como “ah, não sei, é bom, eu uso, mas nunca parei pra pensar“. Quando uma coisa não tem utilidade, simplesmente não usamos. Quando cria novos problemas, ficamos bravos e formamos uma forte opinião contrária. Quando resolve nossos problemas, aceitamos e incorporamos à nossa vida sem nem pensar. Torna-se “normal”.

No mercado de segurança, é essencial para todo fabricante que seus produtos sejam invisíveis, parte natural da vida das pessoas, do ambiente e das rotinas. Pode parecer ruim para nosso ego que não recebamos elogios diários, mas nesse caso o silêncio é a maior evidência do sucesso.